Por que as palavras-chave ainda importam

As palavras-chave são umas das principais formas da sua marca  destaque no Google. Por isso, nesse  artigo vamos mostrar o porquê delas continuarem sendo tão importantes. Afinal, toda compra tem início em uma pesquisa. 

Provavelmente você já estuda e pesquisa sobre marketing digital há algum tempo. Por isso já deve ter percebido que a concorrência no ambiente digital é bem grande. 

Mas como o conteúdo da sua empresa pode se destacar? Gostaríamos muito de poder dizer que existe uma fórmula mágica, mas infelizmente não há. São vários fatores importantes para o conteúdo ganhar destaque e entre eles estão as palavras-chave

 

Já pesquisou no Google hoje?

 

Em 2018, a ferramenta de busca do Google completou 20 anos e todos esses anos foram de crescimento e mudanças operacionais e tecnológicas. Segundo o Mashable, no Google são realizadas mais de 100 bilhões de pesquisas por mês e por segundo ele processa em média mais de 40.000 consultas em todo o mundo

As pesquisas no Google são feitas a partir de palavras-chave. Quando pesquisamos algo colocamos uma pergunta ou um conjunto de palavras que façam sentido com nossa busca. Seja um serviço, um produto ou até mesmo tirar a dúvida sobre alguma informação. 

Essa prática é o que justifica estarmos falando, pesquisando e estudando sobre o assunto. São as palavras-chave que levam os clientes até às empresas no contexto digital. 

Considerando as empresas que investem em SEO (vamos falar melhor sobre isso mais pra frente), as palavras-chave são a segunda estratégia em que as empresas mais investem, representando 67,3%.

A produção de conteúdo para blogs fica em primeiro lugar, com 69,8%. 

 

O que são as palavras-chave

 

Por mais que seja um termo comum, vamos falar um pouquinho sobre o assunto. Afinal, estamos aqui para encontrar respostas. 🙂 

Como falamos no começo, as palavras-chave são os principais instrumentos de pesquisa e busca.

Toda busca que fazemos na internet parte de palavras-chave. Objetivamente, elas são os termos que colamos na hora de pesquisar algo. 

Se você lidera uma equipe, provavelmente pesquisa assuntos relacionados a gestão e liderança. Para chegar aos sites e blogs relacionados sobre os temas, você usará palavras-chaves específicas, como por exemplo: “como liderar”, “como ser um bom líder”, “gestão de equipes”.

Então, quando definimos uma palavra-chave sobre um site o Google irá entender que a empresa trata sobre os assuntos relacionados aquele tema. Dessa forma, o conteúdo postado no site será exibido para as pessoas certas. 

As palavras-chave são utilizadas pelos usuários na hora da pesquisa e pelas empresas que oferecerem soluções e respostas para aquela busca. 

 

Tipos de palavras-chave

 

No momento de escolher as palavras-chave certas, precisamos pensar primeiro nos tipos de palavras. Isso mesmo, existem alguns tipos. Vamos falar sobre eles neste tópico. 

Geralmente, no marketing digital é comum dividir as palavras-chave em duas categorias: long tail e short tail. 

As short tails, ou cauda curta, podem ser definidas como os termos mais gerais. São expressões mais simples, normalmente formadas por uma ou duas palavras, que proporcionam uma busca mais genérica sobre o assunto. 

Já as long tails, ou cauda longa,  são as variações de uma palavra-chave principal, que garantem maior eficiência de busca. Elas costumam ser frases curtas, com mais de três palavras, que atenderão a buscas mais específicas. 

Por exemplo, vamos considerar que estamos escolhendo as palavras-chave para um site de moda. Uma possível short tail seria “moda feminina”, ou “moda masculina”. Já a long tail poderia ser “tendências de moda para 2019”. 

Para que uma estratégia alcance um bom resultado é importante unir tanto as palavras-chave long tail quanto as short tail. Dando uma ênfase maior às palavras de cauda longa, que tem um rankeamento mais fácil e direcionado, pois elas têm menos concorrência nos mecanismos de busca.

 

Como escolher as palavras-chave

 

No marketing digital, umas das melhores formas para definir as palavras-chave certas é definindo antes a persona da marca. Com a persona é possível você conhecer bem seu público 

Então, lembre-se, que suas palavras-chave precisam conversar diretamente com sua persona. Elas precisam responder dúvidas e oferecer soluções. É importante responder uma pergunta: “Para quais dúvidas eu quero oferecer respostas?”. 

Existem algumas ferramentas que podem te ajudar a encontrar as palavras-chaves. Preparamos um lista com algumas delas 😉 

 

 

Como otimizar as palavras-chave

 

Agora que você já sabe que as palavras-chave ainda importam e como identificá-las, chegou a hora de falarmos um pouco sobre otimização. Esse trabalho também faz parte do SEO – Search Engine Optimization (Otimização para mecanismos de busca). 

O SEO é resumidamente otimizar seu site ou blog para que ele apareça nos primeiros resultados de pesquisa nos sites de busca. 

As palavras-chave exercem um papel fundamental na otimização, ajudando para que o SEO seja bem-sucedido. 

Dentro da estratégia de SEO existem alguns pontos importantes, são eles: meta descriptions, url, SEO title e title tag. Agora vamos explicar um pouco sobre cada um desses tópicos.

 

Meta Descriptions

A meta description é aquele pequeno resumo que fica abaixo do link do site, nos resultados de pesquisa.

Ela deve ser direta e curta, instigando o leitor a querer clicar e ler o resto do conteúdo ou serviço que você está oferecendo. É fundamental que a palavra-chave esteja na meta description!

 

Url

A URL de um site é o campo do navegador onde você normalmente digita o endereço para ir para algum site. É importante que URL seja amigável, curta e tenha a palavra-chave

 

 

SEO title

O SEO title, ou título SEO, é frase em azul que aparece nos resultados de busca, onde você clica para entrar no site ou blog. 

 

 

Provavelmente ele será o texto que vai chamar mais atenção de quem está pesquisando. Por isso, a palavra-chave precisa constar no SEO title de qualquer jeito!

 

 

Title tag

De forma simples, o title tag é o título de cada página dentro do site ou blog. Ele em muitos casos, é o mesmo que o título do texto principal da página. Esses títulos podem aparecer:

 

  • na aba do navegador; 
  • na página de resultados de pesquisa de buscadores;
  • nos posts de redes sociais, quando compartilhamos um link.

 

O texto incluído nessa tag permite que o usuário identifique o tipo de conteúdo que ele pode esperar dentro daquela página. Então, como não poderia ser diferente, não esqueça de colocar a palavra-chave no title tag também!

Ufa! Agora você já sabe por que as palavras-chave ainda importam e como usá-las para alcançar excelentes resultados com o conteúdo e site do seu negócio. 

Mas espera, não saia dessa página ainda! As informações sobre palavras-chave, SEO e conteúdo não param por aqui. Continue acompanhando os posts do blog, que vem muita coisa bacana por aí. 🙂  

Curtiu esse conteúdo? Compartilhe em suas redes sociais! 



Mobister

Marketing para tecnologia.